Dica de viagem: Paris

Fugir dos pontos turísticos é uma forma de conhecer a cidade como ela é. Nesta semana, queremos ajudar você que sonha ou vai viajar pela capital mundial da moda. Longe dos holofotes, conheça Paris – a Cidade-Luz que transborda romantismo e charme.

Montmartre e a belle époque
Uma das regiões mais conhecidas da capital francesa, que ficou eternizada nos cinemas com a vida de Amélie Poulain. Detalhe: o Cafe des Deux Moulins existe e você pode visitá-lo. No bairro, sobrevivem os tradicionais pintores de caricaturas, bistrôs e cabarés antigos, como o Moulin Rouge.

Quando você for à Montmartre vá até a rua Place Abesses. Lá, você conhecerá o Le Mur des Je t’Aime – um muro que guarda a frase “eu te amo” escrita em mais de 300 idiomas. Depois, vá de bondinho até o mercado de tecidos Saint-Pierre: um prédio de cinco andares cheio de plumas, rendas e lantejoulas. O lugar preferido dos parisienses para comprar tecido que agrada amantes da moda do mundo todo.

Comer e beber com os melhores chefs do mundo
Em qualquer bistrô da Rue Vielle du Temple, experimente pedir um prato típico local. Para acompanhar, escolha um grogue – bebida com rum, água e açúcar, criada há mais de 300 anos.

No bar-restaurante Championet, você estará cercado de fotos de atrizes em meio à decoração dos anos 60. Delicie-se com biéres pressions, uma espécie de chope artesanal que sai muito com cuisse de canard – coxa de pato assada.

Moda alternativa

Paris tem espaço para todos os estilos. O Le Free Market de Paname é prova disso. Com manequins hippies, vinis, acessórios, objetos de decoração e muita moda underground, a feira acontece desde 2014 – sempre em lugares escondidos.

E se você é clientes dos brechós-chics vai amar conhecer as lojas de Paris! O Omaya Vintage é um daqueles lugares especiais: com poucos euros na carteira, é possível encontrar saias, casacos e sapatos. Sem falar na possibilidade de você encontrar uma bolsa Louis Vuitton por um precinho camarada. Para os amantes de futebol, o espaço ainda conta com uma seção exclusiva de camisetas de vários times do mundo.

Um mergulho na Idade Média

Além da Catedral de Notre-Dame, Paris ainda guarda resquícios da era medieval. Se você preferir os lugares menos populares, vá até a igreja de Saint-Germain l’Auxerrois, nos fundos do Louvre. Não deixe de conferir os resquícios de um muro idealizado para cercar Paris durante a Terceira Cruzada. A obra, que contava com dez metros de altura e três de largura, ainda pode ser vista em restos espalhados pela cidade. O trecho mais preservado fica na Rue des Jardins de Saint-Paul.

Quando a noite cair, deixe-se levar pelo ritmo boêmio dos bairros Marais e Quartier Latin. Os bares e lojas, que funcionam até altas horas, reúnem homens e mulheres de todas as idades com uma paixão em comum: a vida noturna pulsante de Paris.

A propósito: a melhor época para visitar Paris é durante o verão europeu, quando os franceses saem para as férias e a cidade fica mais tranquila para os visitantes nós, visitantes apaixonados  pela Cidade-Luz.

Que tal dar uma olhadinha também?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.